Com nova ameaça ao mandato, Saullo diz que interesse do AM é maior que os partidários

Foto: Saullo Vianna divulgação

Eleito com quase 17 mil votos de vantagem em relação ao primeiro suplente do antigo PPS, o deputado estadual Saullo Vianna enfrenta a segunda ameaça ao mandato na ALE-AM (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas) em nove meses.

Além dos dois pedidos de cassação movidos pelo primeiro suplente da sua vaga, o Cidadania, antigo PPS, abriu um procedimento de expulsão do deputado, o que pode gerar ao partido o direito de requerer o mandato para o primeiro suplente da sigla.

“Antes de falar tecnicamente do caso, queria dizer que acima de qualquer interesse partidário está o interesse do Amazonas”, declarou o deputado na nota.

O partido analisa denúncia de infidelidade do deputado em função da sigla ter optado pela oposição e Saullo por compor a base aliada do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).

“O povo do Amazonas deve ser olhado e cuidado. Esse deve ser o interesse de homens públicos e não com interesse tacanho de direita contra esquerda, de situação contra oposição. A boa política, a nova política tem essa visão”, afirma Saullo Vianna na nota.

O deputado diz que a ação contra ele causou surpresa. O deputado diz que não foi comunicado de nenhuma diretriz partidária e, na nota, indica em que parte da ALE-AM fica o gabinete dele, afirmando que as portas estão abertas para receber e ouvir os membros do partido.

A reportagem procurou o presidente estadual do PPS, Elcy Barroso, e ele afirmou que não iria comentar o assunto.

Cassação no TRE

Saullo já responde a dois pedidos de cassação que tramitam no TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas) movidos pelo primeiro suplente do Cidadania, o Coronel Amadeu Soares.

Amadeu, que recebeu 10.970 votos nas Eleições 2018, é suplente da vaga de Saullo Vianna, eleito com 27.880 votos.

Além disso, Saullo é investigado por suspeita de participação em esquema de irregularidade eleitoral. Esta investigação provocou a prisão dele antes de se tornar deputado.

Leia a nota do deputado na íntegra:

“Antes de falar tecnicamente do caso, queria dizer que acima de qualquer interesse partidário está o interesse do Amazonas.

Eu, como deputado, trabalho visando sempre o bem-estar da população, o crescimento econômico, o desenvolvimento cultural – que é uma área que atuo há muito tempo -, e o bom andamento de suas estruturas públicas.

O povo do Amazonas deve ser olhado e cuidado. Esse deve ser o interesse de homens públicos e não com interesse tacanho de direita contra esquerda, de situação contra oposição. A boa política, a nova política tem essa visão.

Me causa surpresa o posicionamento do partido nesse caso porque não fui comunicado de qualquer determinação ou diretriz partidária.

Se os dirigentes do partido quiserem discutir esse assunto, basta marcar uma reunião aberta ao público, fora das sombras, que eu participarei e resolveremos isso de forma republicana.

Eu sou uma pessoa acessível, nosso gabinete na Assembleia fica no terceiro andar, estou todos os dias no plenário trabalhando. É fácil me achar. Estou a disposição dos dirigentes do partido assim como de qualquer cidadão amazonense que tenha boas ideias e queira o melhor para o Estado.

Saullo Vianna
Deputado Estadual”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *