Desembargador determina que Alejandro cumpra prisão em delegacia

Foto: SSP - divulgação

O desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos determinou que o enteado do prefeito de Manaus, Arthur Neto, Alejandro Valeiko, cumpra a prisão temporária de 30 dias no 19º DIP (Distrito Integrado de Polícia), na Ponta Negra, Zona Centro-Oeste de Manaus.

A decisão foi comunicada nesta manhã à Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária). A Seap informou que a transferência deve ocorrer na tarde desta terça-feira, dia 8.

Com isso, Alejandro não cumprirá a prisão temporária no presídio.

Alejandro Valeiko se apresentou à polícia nesta segunda-feira, dia 7, e, enquanto prestava depoimento na investigação sobre o assassinato de Flávio Rodrigues, o mesmo desembargador derrubou a prisão domiciliar e decretou prisão temporária de 30 dias.

Em função deste decreto, Alejandro passou a noite no Centro de Recebimento e Triagem da Seap, que é um anexo do CDPM 1, para onde ele seria transferido ainda hoje.

A Seap informou que a transferência para o 19º DIP está sendo providenciada. A defesa de Alejandro disse que determinação não foi um pedido dos advogados.

A assessoria de comunicação do TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) informou que a nova decisão apenas “restabelece o previsto na decisão proferida pelo Juízo de 1.º Grau, quando da decretação da prisão temporária do paciente”.

Foto: SSP – Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *