A Amazônia, a necropolítica e a economia da catástrofe

Foto: Agência Brasil
Japurá (AM) – Ministro da Defesa, Raul Jungmann, visita o pelotão especial de fronteira, em Vila Bittencourt, próximo à Colômbia (Valter Campanato/Agência Brasil)

Por Marcelo Seráfico *

O avanço do fogo para a fronteira amazônica no verão de 2019 não é compreensível pela simples constatação da existência de fumaça.

A tentação de atribuir ao aquecimento global – eufemística e estrategicamente chamado de “mudanças climáticas” – ou à brutalidade governamental – secundada por uma tropa de piromaníacos – a razão de ser da devastação, identifica causas, mas não as relaciona nem oferece pistas para entendermos como a conjuntura política brasileira se conecta com processos estruturais de longo prazo.  ...  Ver mais

Continue lendo

Nosso holocausto de todo dia

Foto: José Cruz/Agência Brasil. Manifestação a favor de Bolsonaro e contra o PT, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

*Marcelo Seráfico

Os monstros que muita gente guardava foram soltos furiosa e rapidamente. Que isso tenha se dado sob o manto de segmentos religiosos que só cultuam o poder – político e econômico – não é casual. Que tudo que se diga e faça de ruim venha envolto num palavrório relativo à família, honra e Deus, também não é casual.  ...  Ver mais

Continue lendo

A vanguarda do retrocesso

Foto: Manacapuru e Iranduba sem luz, Reprodução/Vídeo

*Por Luiz Cládio Chaves

Manacapuru e Iranduba na escuridão é o abuso do inaceitável, há mais de três dias Manacapuru e Iranduba padecem com a falta de energia elétrica e vão ficar mais tempo ainda, em consequência disso seus habitantes estão igualmente privados de telefonia, internet e água.  ...  Ver mais

Continue lendo

O sentido da luta

*Marcelo Seráfico

Protesto no Centro de Manaus no dia 15 de maio em defesa da Ufam e do Ifam contra o Governo Jair Bolsonaro. Foto: Rosiene Carvalho

Não sei como nem quando haverá reação à altura das brutalidades perpretadas pelo governo federal e seus sócios estaduais e municipais.

Os golpes dados já foram mais que suficientes para liquidar com o serviço público, objetivo prioritário de Bolsonaro. ...  Ver mais

Continue lendo