MP-AM e CMM silenciam sobre uso de funcionário e carro da prefeitura no caso Flávio

Arthur Neto e Elisabeth Valeiko. foto: divulgação

É incômodo o silêncio do MP-AM (Ministério Público do Estado do Amazonas) e da CMM (Câmara Municipal de Manaus) sobre as informações que surgem no caso do homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues em relação ao uso de um funcionário e um veículo pagos com recursos da Prefeitura de Manaus em serviço do interesse particular da família do prefeito Arthur Neto (PSDB). ...  Ver mais

Continue lendo