“Eu não posso silenciar, a não ser se me matarem mesmo”

A vice-presidente da Federação dos Povos Indígenas do Pará e uma das 40 lideranças indígenas presentes na COP 26 Alessandra Korap Munduruku, 40, declarou que intimidações, ataques e acordos oficiais para silenciar e impedir a luta pelos territórios não irão calar sua voz. Uma semana após denunciar aumento do número de madeireiros e garimpeiros no … Continue lendo “Eu não posso silenciar, a não ser se me matarem mesmo”